Portal ApoNews

MENU
Logo
Quinta, 25 de fevereiro de 2021
Publicidade
Publicidade

Coronavírus

FMS inicia desativação e transferência de leitos do Hospital de Campanha Pedro Balzi

Funcionavam no hospital de campanha Pedro Balzi 20 leitos. Os leitos estão sendo transferidos para outros hospitais.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A prefeitura de Teresina decidiu não renovar o contrato para a continuidade do Hospital de Campanha Pedro Balzi, localizado na Universidade Federal do Piauí, na Zona Leste de Teresina. O hospital será desmontado e os leitos começaram a ser realocados nesta terça-feira (19) para os hospitais Mariano Castelo Branco, na Santa Maria da Codipi, e para o Hospital Dr. Miguel Couto, no bairro Monte Castelo, Zonas Norte e Sul da cidade, respectivamente.

Segundo a diretora de Atenção Especializada da Fundação Municipal de Saúde, Fátima Garcez, o contrato de manutenção do hospital vence na quinta-feira (21). A decisão por não renovar o contrato considerou a baixa ocupação do hospital.

Paciente do Hospital de Campanha Pedro Balzi, em Teresina — Foto: Divulgação/Prefeitura de Teresina

Paciente do Hospital de Campanha Pedro Balzi, em Teresina — Foto: Divulgação/Prefeitura de Teresina

“A ocupação estava muito baixa. O hospital chegou a ter 60 leitos, mas teve ocupados no máximo 40”, disse Fátima.

Atualmente, funcionam no hospital de campanha Pedro Balzi 20 leitos. Os leitos serão transferidos para os hospitais Mariano Castelo Branco e para o Hospital do Monte Castelo.

Hospital Municipal Mariano Castelo Branco — Foto: Divulgação/FMS

Hospital Municipal Mariano Castelo Branco — Foto: Divulgação/FMS

Assim, os leitos clínicos para tratar pacientes de Covid-19 ficarão concentrados agora no Hospital Monte Castelo e no Hospital da Santa Maria da Codipi, totalizando 68 leitos. Já os leitos de UTI para Covid-19 ficarão concentrados no Hospital do Monte Castelo e no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), totalizando 48 leitos de UTI Covid-19 na rede pública municipal da capital:

  • Hospital do Monte Castelo: 20 leitos de UTI para Covid-19– 35 leitos clínicos;
  • Hospital Mariano Castelo Branco: 35 leitos para pacientes Covid-19 ou pós Covid-19
  • Hospital de Urgência de Teresina (HUT): 28 leitos de UTI para Covid-19;

Fátima Garcez disse ainda que, caso o número de internações cresça nos próximos dias, novos leitos poderão ser montados em outros hospitais da rede municipal de saúde que estão com a taxa de ocupação baixa.

Hospital do Monte Castelo — Foto: Divulgação/MP-PI

Hospital do Monte Castelo — Foto: Divulgação/MP-PI

“É o caso do Hospital do Matadouro, que podemos rapidamente transformar em leitos para Covid-10 sem dificuldades, sem prejuízo para a assistência em saúde”, disse Fátima.

Hospital de Campanha do HUT

Hospital de Campanha do HUT — Foto: Divulgação/Prefeitura de Teresina

Hospital de Campanha do HUT — Foto: Divulgação/Prefeitura de Teresina

A diretora de Atenção Especializada da Fundação Municipal de Saúde comentou ainda que o Hospital de Campanha João Claudino, localizado ao lado do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) também deve ser desativado, mas vai continuar funcionando porque há três pacientes internados no hospital que não têm condições de ser transferidos.

“Nós estamos indo por etapas. Numa das tendas existem três pacientes que não podem ser transferidos. Enquanto estivermos com esses pacientes, a tenda continua funcionando”, disse Fátima.

Ainda segundo Fátima, nove pacientes devem ser transferidos do hospital de campanha do HUT nesta terça-feira (19) para uma nova UTI a ser montada no Hospital do Monte Castelo. "Inicialmente estamos montando 10 leitos de UTI, e serão montados mais 10", disse.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/pi

Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Ascom/FMS

Publicidade
Publicidade

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Envie sua mensagem para nossa redação!