Portal ApoNews

MENU
Logo
Quarta, 20 de janeiro de 2021
Publicidade
Publicidade

Policia

Foragido é preso em flagrante por tentativa de feminicídio

Ele foi preso suspeito de agredir companheira em Jardim São Paulo.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem de 41 anos foi preso em flagrante por tentativa de feminicídio, que é a tentativa de assassinato de mulheres em contexto de violência doméstica, da companheira, em Jardim São Paulo, na Zona Oeste do Recife, na noite de terça-feira (12). Segundo a Polícia Civil, ele estava foragido do sistema prisional da Paraíba e havia um mandado de prisão em aberto contra ele.

A mulher, de 45 anos, foi socorrida por policiais militares para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na região central da capital pernambucana. Como o nome dela não foi divulgado, a unidade de saúde não teve como repassar detalhes do estado de saúde.

O homem foi encaminhado para o plantão do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, onde foi atuado em flagrante pelo crime de tentativa de feminicídio.

A Polícia Civil não informou de que presídio o homem teria fugido, nem por qual crime ele era procurado. A identidade dele também não foi divulgada.

Violência contra a mulher

No primeiro final de semana de janeiro, uma mulher foi vítima de um feminicídio também no bairro de Jardim São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, o corpo da mulher, que não teve nome ou idade divulgados, foi encontrado dentro de uma residência.

Ainda no começo do mês, a manicure Dione Gomes Silva Nascimento, de 40 anos, foi vítima de feminicídio e teve o corpo jogado dentro de um rio no Recife. O namorado dela, o mototaxista Maurício Alves de Andrade, de 43 anos, preso em flagrante pelo crime.

Já do dia 31 de dezembro, duas mulheres de uma mesma família foram esfaqueadas no bairro de Coqueiral, na Zona Oeste do Recife. Segundo a Polícia Civil, um homem foi preso pela Polícia Militar por suspeita de ter praticado o crime, classificado como lesão corporal e tentativa de feminicídio.

Esta é uma cópia de conteúdo e não reflete necessariamente a opinião do GRUPO APONEWS DE COMUNICAÇÃO, sendo de inteira e total responsabilidade de g1.globo.com/pe

Créditos (Imagem de capa): Esta foto é de inteira e total responsabilidade de Pedro Alves/G1

Comentários:

Envie sua mensagem para nossa redação!