Portal ApoNews

MENU
Logo
Quarta, 23 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Policia

Gerente de banco é presa por comprar carros alugados

Equipes da Polícia Civil começaram a investigar e flagraram o momento exato em que duas das mulheres presas aplicavam mais um golpe.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma gerente de banco foi presa pela Polícia Civil por comprar carros adquiridos ilegalmente por duas mulheres. A dupla alugava veículos e sumia com eles. As três foram presas nesta quinta-feira (13) após uma denúncia, e a polícia investiga agora se a gerente também está envolvida no aluguel fraudulento de veículos.

Segundo o delegado Pedro Viana, responsável pelas investigações, a Polícia Civil a denúncia foi feita na quarta-feira (12) por um homem que informou ter alugado o carro dele para uma mulher. Ela havia dito que iria usar o veículo para trabalhar como motorista de aplicativo. No entanto, na data de devolução, a mulher desapareceu.

"Na manhã da última quarta-feira nós fomos procurados por um cidadão que teria locado seu veículo para uma senhora com quem manteve contato inicialmente por aplicativo, pela internet, posteriormente pessoalmente, e quando foi na data da devolução desse veículo, essa pessoa simplesmente sumiu. Sumiu a pessoa e sumiu o veículo", conta o delegado Viana.

Equipes da Polícia Civil flagraram o momento exato em que duas das mulheres presas aplicavam mais um golpe em outra vítima em uma praça pública, no Bairro Vila Manuel Sátiro, em Fortaleza.

"A partir dessa comunicação nossas equipes iniciaram investigação e nós conseguimos flagrar o momento em que duas dessas mulheres estavam aplicando mais um golpe numa vítima em uma praça lá no Bairro Vila Manuel Sátiro. Elas foram presas em flagrante, inclusive no momento estavam com criança para tentar não despertar desconfiança da pessoa que estava sendo vítima de um golpe", relata Viana.

Outras vítimas

O delegado informou, ainda, que as equipes de investigações já conseguiram chegar aos nomes de cinco vítimas das mulheres. "Nós encontramos alguns registros de boletim de ocorrência feito por essas mulheres presas onde elas afirmavam terem sido vítimas de roubo, que tem sido também uma prática. Elas locam veículos, posteriormente elas revendem e criam falsamente um boletim de ocorrência de roubo ou furto de veículo."

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/ce

Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Divulgação/ Diário do Nordeste

Publicidade
Publicidade

Comentários: