Portal ApoNews

Notícias Sergipe

Homem é condenado a mais de 25 anos de prisão por atirar em ex-companheira e matar uma pessoa que estava com ela

A defesa do réu informou que vai recorrer da decisão.

Homem é condenado a mais de 25 anos de prisão por atirar em ex-companheira e matar uma pessoa que estava com ela
G1/Reprodução
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No final da tarde desta quarta-feira (24), Moacir Horácio Pereira foi condenado a 25 anos e um mês de prisão, em regime fechado, por matar um homem que estava com a ex-companheira dele, em um bar na Praia da Aruana, Zona de Expansão de Aracaju. A mulher também foi atingida e ficou paraplégica.

O crime aconteceu em 2017. Na época ele confessou ter agido por ciúmes.

O julgamento ocorreu na 5ª Vara Criminal da capital. O inquérito foi enquadrado como homicídio qualificado e tentativa de homicídio. A defesa do réu informou que vai recorrer da decisão.

Entenda o caso

Em novembro de 2017, Moacir Horácio Pereira atirou contra a ex-namorada e o homem que estava com ela. A mulher ficou ferida e foi submetida a drenagem na região torácica e acompanhada por neurocirurgiões. Horas depois do crime, ele foi preso no Povoado Mussuca, em Laranjeiras (SE).

Testemunhas afirmaram que o autor dos disparos estava em uma das mesas do bar, onde chegou a tomar uma cerveja antes de abordar as vítimas. A primeira a ser atingida pelos disparos foi a mulher. O homem teria tentando fugir, mas foi perseguido e novamente baleado.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/se

Veja também