Portal ApoNews

Notícias Bahia

Homem é morto a tiros em Santo Amaro, no Recôncavo da Bahia

Vítima faz parte de uma comunidade cigana, e polícia investiga se assassinato tem relação com outras quatro pessoas mortas.

Homem é morto a tiros em Santo Amaro, no Recôncavo da Bahia
Reprodução/Redes Sociais
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem foi morto a tiros no bairro Sacramento, na cidade de Santo Amaro, Recôncavo Baiano, na noite de quarta-feira (12). De acordo com a Polícia Civil, a vítima é o Luciano Ramos de Souza. Ele foi baleado por homens armados que estavam em um carro, e fugiram em seguida.

Luciano chegou a ser socorrido para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo dele passará por perícia e a autoria e motivação do crime ainda estão sendo investigadas.

A polícia informou ainda que a delegacia de Santo Amaro também investigará se esse crime tem relação com as mortes em Dias D’Ávila e Camaçari, na região metropolitana de Salvador.

A suspeita foi levantada, porque Luciano também faz parte de uma comunidade cigana, assim como as outras quatro vítimas. Ele também era empresário.

Casos anteriores

Quatro pessoas da mesma família são mortas a tiros na RMS; uma outra ficou ferida

O primeiro caso aconteceu na noite de terça-feira (11), em Dias D'ÁvilaUm homem e uma mulher foram mortos a tiros na Rua do Jardim, Parque Petrópolis. As vítimas foram identificadas como Orlando Alves, de 59 anos, e Luciene Alves de Oliveira, de 56. Orlando e Luciene eram casados.

Já na quarta-feira (12), dois homens também foram mortos a tiros em Camaçari. As vítimas foram identificadas como Alcides e Nilson Alves, que eram pai e filho. Eles também eram parentes de Orlando.

Quatro pessoas da mesma família morreram na região metropolitana de Salvador — Foto: Tv Bahia

Quatro pessoas da mesma família morreram na região metropolitana de Salvador — Foto: Tv Bahia

Além deles dois, um terceiro homem, identificado como Joel Alves, também foi baleado. Ele foi socorrido para uma unidade de saúde, onde segue internado. Joel é irmão de Nilson e filho de Alcides.

O delegado Antônio Carlos Sena, de Camaçari, disse que a polícia investiga a relação entre os casos, já que as vítimas são parentes e fazem parte de uma comunidade cigana.

"Estamos levantando a ligação entre os dois fatos. O que se pode dizer é que são da mesma família. Se há relação, só poderemos responder com as investigações", disse ele.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/ba

Veja também

Envie sua mensagem para nossa Central de Atendimento.