Portal ApoNews

MENU
Logo
Sábado, 15 de maio de 2021
Publicidade
Publicidade

Brasil

Municípios receberão R$ 247 milhões para prevenir covid-19 em grávidas

Portaria com a liberação dos recursos será publicada nos próximos dias.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Os municípios receberão R$ 247 milhões para prevenir a disseminação da covid-19 entre gestantes. Uma portaria do Ministério da Saúde com a liberação dos recursos deve ser publicada nos próximos dias, informou hoje (16) o Ministério da Saúde, em coletiva de imprensa com secretários da pasta.

De acordo com o ministério, os recursos deverão ser direcionados pelos municípios para custeio de hospedagem de grávidas e puérperas que não têm condições de isolamento domiciliar e distanciamento social. Além dos valores anunciados hoje, o Ministério ressaltou que R$ 1 bilhão já foi direcionado a gestantes, considerando investimentos feitos pelo governo em 2020 e 2021.

O destino dos recursos - acordado entre a pasta e os conselhos nacionais de Secretários de Saúde (Conass) e de Secretarias Municipais de Saúde ( Conasens) - também será para a identificação precoce e o monitoramento de sintomas da covid-19, para qualificar o atendimento para o pré-natal, parto e puerpério e para o atendimento odontológico das gestantes.

Durante a coletiva o secretário de Atenção Primária à Saúde do ministério, Raphael Câmara Medeiros Parente, afirmou que a cepa P.1 do vírus, conhecida como variante de Manaus, mostrou agressividade maior em grávidas quando comparada com o vírus que circulava em 2020.

Vacinação de grávidas

Segundo Parente, é orientação da pasta vacinar contra a covid-19 grávidas com fatores de risco, mas a imunização, segundo o ele, depende da política de cada município.

Confira a entrevista coletiva:

Edição: Kelly Oliveira

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é agenciabrasil.ebc.com.br

Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Ana Nascimento/MDS/Portal Brasil

Publicidade
Publicidade

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade