Portal ApoNews

MENU
Logo
Quinta, 04 de março de 2021
Publicidade
Publicidade

Policia

Paciente sedada é estuprada por técnico em hospital

Em nota, o hospital afirma que o crime foi praticado por um técnico de laboratório contratado para prestar serviço à unidade.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma paciente internada em hospital municipal de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, foi vítima de abuso sexual enquanto estava sedada na unidade hospitalar. O crime aconteceu na quarta-feira (13), mas só foi confirmado nesta sexta-feira (22), em nota divulgada pelo hospital.

De acordo o Hospital Municipal Doutor Abelardo Gadelha da Rocha, o crime foi praticado por um técnico de laboratório contratado pela Cooperativa de Atendimento Hospitalar (COAPH) para prestar serviço à unidade.

A Polícia Civil informou que a Delegacia de Defesa da Mulher de Caucaia investiga o estupro de vulnerável ocorrido contra a paciente nas dependências da unidade hospitalar. O caso chegou à polícia através de um boletim de ocorrência. A polícia não informou se o autor do crime foi preso ou não.

Crime denunciado ao Ministério Público

A unidade hospitalar também afirmou em nota que, quando tomou ciência do caso, denunciou o crime à polícia, ao Ministério Público do Ceará e informou à Secretaria de Saúde, "que comunicou ao Procurador Geral do Município, o qual determinou a instauração de sindicância para apurar eventuais responsabilidades".

"Com muita honestidade e lisura, a direção informou a família da vítima o ocorrido. Diante de um fato criminoso e inadmissível, a direção do Hospital pediu o imediato afastamento do cooperado. Nos solidarizamos com a família da vítima e disponibilizamos todo atendimento psicológico e social tentando com isso minorar o sofrimento da vítima e sua família.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/ce

Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Reprodução

Publicidade
Publicidade

Comentários: