Portal ApoNews

MENU
Logo
Quarta, 23 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Policia

Polícia faz buscas por homem desaparecido há quatro dias e dois homens são presos

Um dos presos informou aos policiais que praticou um assalto contra Eusébio e, em seguida, o matou. O corpo da vítima ainda não foi encontrado.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um cobrador crediário identificado como Eusébio da Silva Brito, de 54 anos, está desaparecido desde domingo (6). Segundo a polícia, existe a suspeita que o homem tenha sido morto em Regeneração, município a 140 km de Teresina. Dois homens foram presos nesta quinta-feira (10) suspeitos de terem envolvimento no crime.

Ao G1, o cabo Giordano Gonçalves, da Polícia Militar de Regeneração, um dos suspeitos contou que abordou a vítima na cidade de Amarante, cidade onde Eusébio estava trabalhando como cobrador crediário.

A dupla teria rendido o homem, subtraído uma quantia de dinheiro dele e o levado para Regeneração, com o intuito de fazer com que Eusébio sacasse dinheiro do banco. Entretanto, o cobrador não possuía mais dinheiro na conta. Segundo um dos presos, a vítima foi levada para uma residência onde foi morta e o corpo foi enterrado.

Na quarta-feira (9), uma mala com pertences pessoais de Eusébio foi encontrada em Amarante. E, através de denúncias de populares, os policiais chegaram até os suspeitos. O carro utilizado pela dupla para levar o cobrador até Regeneração também foi apreendido.

Mala com objetos pessoais da vítima foi encontrada em Amarante — Foto: Divulgação /PM-PI

Mala com objetos pessoais da vítima foi encontrada em Amarante — Foto: Divulgação /PM-PI

As polícias Civil e Militar ainda estão realizando buscas para localizar o corpo de Eusébio.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/pi

Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Maria Romero/G1 PI

Publicidade
Publicidade

Comentários: