Portal ApoNews

Notícias Piauí

Polícia investiga morte de pintor encontrado em estado de decomposição

Os familiares acusam um homem de 28 anos - sobrinho da vítima - de ter praticado o homicídio.

Polícia investiga morte de pintor encontrado em estado de decomposição
Bárbara Rodrigues/G1
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O corpo encontrado em estado avançado de decomposição na localidade Alto Alegre, no município de Barro Duro, a 98 km de Teresina, no dia 18 de janeiro foi identificado. Trata-se do pintor Afonso César de Sousa Feitosa.

O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina e a família realizou o reconhecimento nesta segunda-feira (24). O laudo cadavérico apontou que a causa da morte do homem foi trauma crânio-encefálico, ocasionado por um instrumento contundente.

Os familiares de Afonso apontaram à polícia um sobrinho dele como o autor do crime. Porém, o delegado Breno Sales, da Delegacia de Barro Duro, informou ao g1 que ainda não é possível indicar a autoria, pois o caso está sob investigação.

O sobrinho da vítima – um homem de 28 anos - também é suspeito de ser o responsável pelo sumiço de uma menina de 13 anos. Um boletim de ocorrência foi registrado pela família da adolescente na quinta-feira (20).

“Segundo o padrasto, ela teria fugido de casa na madrugada do dia 17 de janeiro e a suspeita é de que a menina tenha fugido com ele. O padrasto contou que este homem a aliciava, dava presentes”, contou o delegado Breno Sales.

O delegado ressaltou que os dois casos estão sendo investigados de forma autônoma.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/pi

Veja também

Envie sua mensagem para nossa Central de Atendimento.