Portal ApoNews

MENU
Logo
Quarta, 23 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Policia

Suspeito de matar professor com cinco tiros é preso durante operação policial

Operação “Sertão Sul”, da Polícia Civil, deu cumprimento a sete mandados de prisão.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Civil do Piauí, por meio da delegacia de Curimatá, realizou a operação “Sertão Sul” e prendeu, nesta sexta-feira (14), o suspeito pelo assassinato do professor Alysson Amaury Pereira Granja em Avelino Lopes, distante 575 km de Teresina, no dia 30 de março. A operação teve o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core).

Durante a semana, a operação deu cumprimento a sete mandados de prisão, realizou a abordagens e blitzen, com cinco prisões em flagrante e uma prisão temporária nos municípios de Curimatá, Avelino Lopes, Redenção do Gurguéia e Parnaguá.

Entre as prisões está o cumprimento do mandado de prisão temporária contra um suspeito pelo assassinato do professor Alysson Amaury Pereira Granja, no dia 30 de março deste ano, em uma rodovia que liga as cidades de Avelino Lopes e Morro Cabeça no Tempo.

Core da Polícia Civi realiza prisões — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Core da Polícia Civi realiza prisões — Foto: Divulgação/Polícia Civil

O professor foi encontrado morto dentro do carro com 5 marcas de tiros. O suspeito pelo crime foi preso na casa de uma tia e a polícia acredita que a motivação para o crime tenha sido passional, mas não informou detalhes sobre a investigação.

"As investigações ainda estão em andamento, fizemos algumas diligências e o que eu posso dizer é que a nossa linha de investigação é de um crime passional", disse o delegado Breno Holanda ao G1.

Contudo, o delegado afirmou que não poderia revelar o que está sendo investigado.

Outras prisões

Durante a operação, foi preso em flagrante um homem encontrado com uma arma calibre.38 e um colete a prova de balas.

Segundo a Polícia Civil, ele ainda está sendo investigado pelo assassinato de Antônio Augusto da Silva, que foi morto a tiros na frente de sua residência, no dia 15 de março deste ano, em Avelino Lopes.

Conforme a polícia, fazia cerca de uma mês que a vítima havia retornado ao Piauí quando foi assassinada. O suspeito ainda teria participação em outros crimes na região de Curimatá.

Core realizou abordagens e fez prisões em flagrante no Piauí — Foto: Divulgação/PC-PI

Core realizou abordagens e fez prisões em flagrante no Piauí — Foto: Divulgação/PC-PI

"Na casa desse rapaz foi cumprido um mandado de busca e apreensão. Lá, encontramos uma arma de fogo, um revólver, munições e colete balístico", explicou o delegado Breno Holanda.

"Ele foi preso por causa desses crimes, mas já estava sendo investigado como suspeito pelo assassinato do Antônio Augusto. A investigação ainda está em andamento, está em sigilo e ainda estamos apurando a motivação para o crime", completou o delegado.

Dois homens também foram presos em flagrante por posse de munição durante cumprimento de mandados de busca e um homem foi preso em barreira policial por tráfico de drogas no município de Redenção do Gurguéia.

Todos os presos foram conduzidos à delegacia de Curimatá para realização dos procedimentos cabíveis.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/pi

Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Reprodução/Facebook

Publicidade
Publicidade

Comentários: