Portal ApoNews

Notícias Alagoas

Tentativa de assalto com reféns termina com homem preso no Farol, Maceió

Guarda municipal que tinha ido à farmácia comprar medicamentos rendeu o assaltante até a chegada do Bope.

Tentativa de assalto com reféns termina com homem preso no Farol, Maceió
Ana Clara Pontes/G1
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem foi preso na manhã desta terça-feira (19) após fazer funcionários e uma cliente reféns para assaltar uma farmácia na Avenida Fernandes Lima, no bairro do Farol, em Maceió. Ninguém ficou ferido.

O assalto foi evitado por um cliente da farmácia, que é guarda municipal de São Miguel dos Campos. Ele contou ao g1 que entrou no estabelecimento para fazer uma compra e estranhou a falta de movimentação.

"Sempre compro nessa farmácia. Hoje precisei comprar remédios para a minha esposa e achei estranho o fato de a farmácia estar vazia, já que nesse horário sempre tem muita gente. Foi quando vi o assaltante com a arma apontada para a funcionária. Eu estava armado e consegui negociar com ele", disse Robson José.
Policiais do Bope algemam e prendem homem que fez refém durante tentativa de assalto a farmácia em Maceió — Foto: Arquivo pessoal

Policiais do Bope algemam e prendem homem que fez refém durante tentativa de assalto a farmácia em Maceió — Foto: Arquivo pessoal

O assaltante concordou em entregar sua arma e liberar os reféns. Enquanto rendia o assaltante, o guarda municipal pediu para que os outros funcionários ligassem para a polícia.

Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) estavam passando pelo local e pararam para atender a ocorrência.

O assaltante foi algemado e levado para a Central de Flagrantes I, onde a ocorrência foi registrada. Um revólver de calibre 22, utilizado no crime, foi apreendido.

Robson José impediu o assalto em farmácia do Farol — Foto: Andrea Resende/TV Gazeta

Robson José impediu o assalto em farmácia do Farol — Foto: Andrea Resende/TV Gazeta

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/al
Comentários:

Veja também