Portal ApoNews

Notícias RN

Vacinação contra a gripe começa em 12 de abril no RN

Meta é vacinar 90% de cada grupo prioritário. No estado, a estimativa é imunizar mais de 1 milhão de pessoas até o dia 9 de julho.

Vacinação contra a gripe começa em 12 de abril no RN
Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Romero Mendonça/Secom
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Rio Grande do Norte dá início na próxima segunda-feira (12) à campanha de vacinação contra a Influenza. A campanha, que é nacional, vai até o dia 9 de julho e a meta é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário: crianças, gestantes, puérperas, idosos com 60 anos e mais, povos indígenas, professores e trabalhadores da saúde. (Veja a lista com as datas mais abaixo).

No Rio Grande do Norte, a estimativa é de que seja imunizadas 1.319.147 pessoas, segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). O objetivo é reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população alvo para a vacinação.

As vacinas são aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde.

A vacina influenza trivalente, que é a utilizada no Brasil em 2021, apresenta três tipos de cepas de vírus em combinação. Por ser constituída por vírus inativados, fracionados e purificados, não contêm vírus vivos e não causam a doença. Portanto, é uma vacina segura.

A vacinação será dividida em três etapas:

1ª Etapa - de 12/04 a 10/05

  • Crianças (6 meses a < de 6 anos)
  • Gestantes
  • Puérperas
  • Povos indígenas
  • Trabalhadores da saúde

2ª Etapa – de 11/05 a 08/06

  • Idosos com 60 anos e mais
  • Professores

3ª Etapa – de 09/06 a 09/07

  • Comorbidades
  • Pessoas com deficiência permanente
  • Caminhoneiros
  • Trabalhadores de Transporte Coletivo Rodoviário Passageiros Urbano e de Longo Curso
  • Trabalhadores Portuários
  • Forças de Segurança e Salvamento
  • Forças Armadas
  • Funcionários do Sistema de Privação de Liberdade
  • População privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas

Duas campanhas ao mesmo tempo

A Sesap alerta que a campanha de vacinação contra a influenza vai coincidir com a realização da vacinação contra a Covid-19. Assim, é importante que seja priorizada a administração da vacina Covid-19.

Ou seja, a recomendação é que: as pessoas contempladas no grupo prioritário para a vacinação contra influenza que buscarem uma Unidade Básica de Saúde, e ainda não foram vacinadas contra a Covid-19, preferencialmente, deve ser administrada a vacina Covid-19 e agendada a vacina influenza, respeitando um intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas.

O órgão reforçou que todas as medidas de prevenção à transmissão da Covid-19 nas ações de vacinação contra Influenza deverão ser adotadas.

O Ministério da Saúde também reforçou a importância da vacinação contra a influenza e explicou ue a imunização vai prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos, internações e a sobrecarga nos serviços de saúde, além de reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/rn
Comentários:

Veja também